Subservientes de novo

Chefão da Shell aconselha Temer

A reunião anual do fórum econômico de Davos, na Suíça, teve uma apagada presença do Brasil, que voltou à condição de mero figurante. Pior do que isso, o presidente Michel Temer foi alvo de conselhos do principal executivo da Shell.
Em declarações publicadas com alguma vergonha e muita discrição por parte da grande mídia, o diretor-mor da petroleira britânica foi direto ao ponto na conversa com Temer.
– Eu o fiz um pedido: continue o que estão fazendo no Brasil. O Brasil é um país muito importante para nós, o terceiro maior para nós. Esperamos muito que haja uma continuidade de política econômica e para a regulação para nossa indústria. Muitos dos nossos investimentos são de décadas – lembrou Ben van Beurden [na foto sendo recebido por um nobre serviçal].
Ainda sobre o encontro com Temer, o executivo disse que o “felicitou” pelo “sucesso econômico e pela reviravolta que está ocorrendo”.
– Também agradeci pela liderança que ele representa, pela aprovação de importantes legislações para o setor.Temos muita confiança de que vamos ficar por muito tempo no Brasil e estamos olhando para os futuros leilões no País. Acreditamos na direção que esse governo está adotando.

biombos para esconder parte das fileiras de cadeiras desocupadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *