Violência nos rios

Pirataria no Amazonas repercute

Furtos, roubos e ataques de piratas a embarcações de passageiros, recreios, pescadores ou balsas de cargas. Esta é a rotina de quem utiliza os rios do Amazonas. A insegurança é a sensação de quem precisa da navegação fluvial para se deslocar de Manaus ao interior ou vice-versa. Ataques dos piratas são a realidade atual.

Parlamentares da Assembleia Legislativa defendem a criação de um Batalhão Fluvial da Polícia Militar equipado com lanchas rápidas, armamento pesado e policiais treinados e equipados com coletes balísticos para combater os piratas dos rios que estão agindo livremente na região do Solimões, Médio e Baixo Amazonas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *